MISSÃO

A ESTREIÁDIALOGOS pretende contribuir para melhorar a qualidade da prática profissional através da investigação-ação crítica e orientada para a mudança, problematizando e transformando essa mesma prática numa abordagem situada, colaborativa e assente em valores humanistas e democráticos.

A investigação-ação colaborativa implica a problematização e a transformação das práticas através do envolvimento das pessoas, do questionamento de estereótipos, da reflexividade, da colaboração e da empatia. Por isso, a gestão de dilemas e as questões de natureza ética assumem um lugar central na missão da ESTREIADIÁLOGOS, no sentido de uma maior justiça cognitiva e social, ao consagrar as vozes das pessoas que vivenciam processos de mudança de práticas nos vários contextos das Ciências Sociais e Humanas e Ciências Médicas e da Saúde.

OBJETIVOS

- Reconhecer e afirmar o papel da língua portuguesa na investigação e sua difusão e, portanto, a necessidade de construir cenários plurilingues e contra-hegemónicos através da constituição de redes com matrizes linguísticas diversas.

- Aproximar realidades da atividade social e humana e das ciências médicas e da saúde que, sendo diferentes, partilham patrimónios linguísticos e culturais historicamente construídos, reforçando a interação entre elas e produzindo conhecimento potencialmente significativo para as comunidades que as habitam.

- Reforçar a dimensão política e emancipatória da investigação no sentido de contribuir para a mudança e melhoria das práticas profissionais e dos contextos em que são desenvolvidas, em busca de uma sociedade mais democrática, mais justa e mais humana.

APOIAR

Encorajar e apoiar projetos de investigação-ação (de natureza local, regional, nacional ou internacional) com vista à melhoria das práticas e contextos sociais, profissionais e de desenvolvimento profissional.

DISSEMINAR

Encorajar e apoiar projetos de investigação-ação (de natureza local, regional, nacional ou internacional) com vista à melhoria das práticas e contextos sociais, profissionais e de desenvolvimento profissional.

ESTABELECER REDES E PARCERIAS

Encorajar e apoiar projetos de investigação-ação (de natureza local, regional, nacional ou internacional) com vista à melhoria das práticas e contextos sociais, profissionais e de desenvolvimento profissional.